‘INFORME DOUTOR’ – Por: Marco Antonio Ferreira Caixeta

Doutor CaixetaQuando no início de março deste ano comecei meu trabalho de emergencista na UPA-Rocinha, procurei alguns espaços onde eu pudesse colaborar com a comunidade da Rocinha. Por uma feliz coincidência, depois de longos anos, reencontrei meu amigo OCIMAR SANTOS, que abriu as portas do Rocinha.org para divulgar este meu trabalho.

Ocimar solicitou ent√£o que eu contasse essa experi√™ncia inicial de prestar servi√ßos m√©dicos na UPA-Rocinha¬† … como tudo come√ßou.

O IN√ćCIO

Trabalhar na Rocinha foi minha escolha, quando solicitei a OS Viva Comunidade para ser remanejado da Cl√≠nica da Fam√≠lia do CMS D. H√©lder C√Ęmara, que se encontra em fase de organiza√ß√£o, para a UPA ‚Äď Rocinha.

Foi um caso de amor √† primeira vista quando conheci as instala√ß√Ķes da UPA, al√©m de gostar do trabalho de emergencista. Os resultados acontecem na hora. N√£o podemos perder tempo, mesmo que tenhamos que transferir os pacientes mais graves para unidades mais bem aparelhadas do que a UPA ‚Äď Rocinha.

Para os que não sabem, o volume de atendimento na UPA é enorme, logo, a orientação de um fluxo de atendimento dos pacientes é fundamental. Para tal foi criada uma classificação de risco e acolhimento. O importante é que todos são atendidos, dando prioridade, obviamente, aos casos mais graves.

RELA√á√ÉO M√ČDICO-PACIENTE

Tenho procurado dar todo acolhimento e atendimento com qualidade, seguindo as palavras ditas pelo atual Ministro da Sa√ļde, em seu discurso de posse. Tenho procurado tamb√©m estar atento √†s necessidades do paciente, priorizando as a√ß√Ķes dirigidas √† preserva√ß√£o da vida do paciente sem, no entanto, relegar a um plano secund√°rio alguns preceitos b√°sicos do relacionamento m√©dico-paciente. Tenho procurado ainda considerar o medo, a ansiedade e as frustra√ß√Ķes de cada paciente e tamb√©m as minhas pr√≥prias, de modo que melhorem a qualidade da minha rela√ß√£o para com eles.

Quero passar para voc√™s que os m√©dicos de servi√ßos de urg√™ncia trabalham em regime de plant√Ķes cansativos e geradores de estresse. Normalmente, esses plant√Ķes antecedem ou sucedem atividades profissionais em outros locais, aumentando o desgaste. Quero tamb√©m ressaltar que os m√©dicos recebem pouca forma√ß√£o na √°rea da psicologia m√©dica. A experi√™ncia acumulada com o passar dos anos tem servido de ensinamento para mim. O encontro com o m√©dico, o medo da morte, a viv√™ncia da dor e a ansiedade gerada pela admiss√£o na UPA ‚Äď Rocinha s√£o eventos que desestabilizam seriamente o equil√≠brio das pessoas.

CONCLUSÃO

Certamente, v√°rios fatores (sen√£o todos) na UPA‚ÄďRocinha desfavorecem uma abordagem ampla do paciente, come√ßando pelo excesso de ru√≠dos (que procurarei conscientizar a comunidade sobre a necessidade de limitar o n√≠vel de ru√≠do nas circunvizinhan√ßas da UPA‚ÄďRocinha), passando pela falta de privacidade e culminando com a necessidade de atendimentos r√°pidos.

Quero ressaltar que nem sempre é possível diagnosticar corretamente a condição psicológica do paciente. Por isso tenho procurado sempre dar atenção e consideração à pessoa que me procura, fato que, por si só, serve para diminuir seu sofrimento.

Afinal, o fato de o diagn√≥stico ser um infarto ou uma crise de p√Ęnico ser importante, mas n√£o √© tudo, pois ao paciente interessa realmente ser ouvido, compreendido e ajudado.

Eu precisava de tempo para me dedicar à comunidade como um todo, pois entendo que tenho mais coisa a oferecer à comunidade. Contem com a minha parceria!

Na verdade INFORME DOUTOR estar√° atendendo tamb√©m ao meu anseio de ser √ļtil √† sociedade. No momento escolhi a ROCINHA.

Anotem meu e-mail caixeta@infolink.com.br e enviem sugest√Ķes, tirem suas d√ļvidas.

Aguardem informa√ß√Ķes sobre temas relativos √† √°rea de sa√ļde.

Um fraterno abraço,

Dr. Caixeta

Tags: , , , , , , ,

Um coment√°rio para “‘INFORME DOUTOR’ – Por: Marco Antonio Ferreira Caixeta”

  1. Bruno disse:

    Caixeta.

    Para nós que estamos imbuídos em torno de um só objetivo Рqualidade total nos atendimentos de urgência e emergência de toda a População da Rocinha e adjacências Рé enorme satisfação trabalhar ao lado de profissionais tão dedicados à causa como você. Seja muito benvindo!

    Bruno Ribeiro
    Coordenador de Enfermagem
    UPA 24 horas – Rocinha

Deixe um coment√°rio