Canal Comunitário
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Ouvir Radio
busca
Buscar
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                         Mude o tamanho do texto Fonte 12 Fonte 14 Fonte 16
Moradores ajudam a localizar drogas e armas na Rocinha
A comunidade está colaborando com a polícia fazendo denúncias. Desde quarta-feira (9), Disque-Denúncia já recebeu 588 ligações. Ontem, Bope encontrou depósito de armamento dos traficantes
 Moradores ajudam a localizar drogas e armas na Rocinha

Criança aponta para policial armado na Rocinha. Foto: Reinaldo Marques

Desde quarta-feira passada (9), o Disque-Denúncia já recebeu 588 ligações com informações sobre a Rocinha. A terça-feira de feriado, no morro do Vidigal começou com a visita da cúpula da Polícia do Rio de Janeiro. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, a chefe de Polícia Civil, Marta Rocha e o comandante geral da PM, coronel Erir Ribeiro percorreram as ruas íngremes e conversaram com os moradores.

"Esperamos que as pessoas venham aqui, que transitem aqui, que incluam esse lugar na cidade. Queremos banir qualquer ação, ato, qualquer pessoa e equipamento que represente a violência", diz Beltrame.

No batalhão da PM, que serve de QG da operação, foi apresentando o material apreendido durante a noite pela Polícia Civil, na favela da Rocinha. A entrada das forças de paz abriu caminho para um trabalho minucioso na Rocinha: a busca por armas e drogas. Quinhentos homens do Bope, do Batalhão de Choque e policiais civis circulam pela favela com a ajuda de cães farejadores.

Com as informações dos serviços de inteligência e as denúncias de moradores, as apreensões não param. Ontem o Bope encontrou um depósito de armamento dos traficantes: 24 fuzis, 25 quilos de cocaína, pistolas e granadas enterrados numa cisterna na mata. Foram necessárias quatro horas de escavação. Bazucas, dois mísseis anti-tanque e dezenas de fuzis e pistolas estavam em tonéis enterrados.

Uma moradora apontou uma casa abandonada: lá havia um laboratório de refino de cocaína com todo o material usado no processo. Um homem que estava foragido da prisão se entregou aos policiais e mais dois foram presos ontem.

A instalação definitiva da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), assim que terminar esse trabalho de pente fino nas favelas, vai devolver aos moradores a liberdade que não existiu durante décadas de domínio do tráfico. Mas há muitos desafios aqui na comunidade - que espera agora os investimentos que não foram feitos em todos esses anos de controle do crime.

O Estado e o Governo Federal prometeram investir cem milhões de reais em obras. Nos próximos três meses deve começar a construção do plano inclinado na Rocinha. Um elevador irá até o alto do morro e deve transportar três mil pessoas por dia.

Um parque ecológico com 14 mil metros quadrados será uma nova opção de lazer aos moradores. Terá teatro, quadras de esportes e áreas para as crianças. Os serviços públicos serão ampliados: distribuição de água, coleta de esgoto, recolhimento do lixo, iluminação pública.



Fonte: Renata Capucci
Enviar este texto para um amigo          Imprimir este texto            Confira mais notícias relacionadas                        
Faça seus comentários a respeito deste texto
Dê sua opinião
Não há Comentários publicados.

O mais autêntico Blog da Rocinha. Matérias dos tempos antigos e posts do primeiro site www.rocinha.org estão na área de Blog

© Copyright 2007-2015  ® Todos os direitos reservados